assassinato de caráter, calúnia, difamação, linchamento e julgamento populares, etc..

Assunto: assassinato de caráter, calúnia, difamação, linchamento e julgamento populares, etc..

Exmo.(a) Sr.(a)

Gostaria simplesmente de chamar a sua atenção a um facto que muito nos importuna, as vítimas de perseguição organizada e de ataques remotos por amas electro-magnéticas.

Com o objetivo de justificação, elevação e enobrecimento do seu procedimento imundo, os nossos perpetradores infiltram-se em todo lado, por todos os meios possíveis, e pressionam todos os nossos contactos, fazendo-os acreditar que não merecemos o seu apoio.

Eles tem um tal demoníaco poder de persuasão, que a sua caça às bruxas, o seu pelourinho público, a sua difamação, a sua calúnia e o linchamento e julgamento populares de cidadãos inocentes funciona perfeitamente. Frequentemente, as pessoas a quem pedimos ajuda não dão mais sinais de vida, após inicialmente a terem oferecido.

Como a maioria dos meus companheiros de infortúnio, sou objecto de perseguição por grupos que se tomaram como os juizes da sua rua, do seu distrito, da sua cidade e da sua região e que se juntam em pequenos grupos para armarem em importantes. Eles sofreram lavagens cerebrais a tal ponto que são persuadidos a cumprir o que acreditam ser uma missão importante e nobre dedicando-se de corpo e alma a um assédio impiedoso e interminável. Por um lado desconhecem que lhes mentiram, e por outro, deviam lembrar-se de que não é incumbência deles administrar a justiça, de qualquer modo.

Estas pessoas não sabem que, ao serem influenciadas e enganadas por um grupo de mafiosos, ao atormentarem cidadãos inocentes, estão a cometer um crime? Não se interrogam uma única vez se tudo que lhes é dito é verdadeiro? Que aceitaram compartilhar lucros ou apenas desejando “brincar aos juizes”? Não importam as razões, em qualquer caso são cúmplices de um crime cruel e covarde, contra cidadãos inocentes e indefensos.

Dou a minha palavra de honra que, como a maioria dos meus companheiros de infortúnio, nunca cometi um crime, nunca fui condenado por uma única ofensa, nem sequer suspeito de qualquer acto censurável.

Contudo, posso dizer que não é impossível que, até em algumas altas esferas oficiais, já possam ter manchado o meu nome e a minha reputação de um maneira ou de outra.
Esperamos ainda poder contar com a sua ajuda e o seu apoio.
Respeitosamente,

Rudy Andria
Professor Universitário
http://rudy2.wordpress.com/

Por favor leia também testemunhos de Geral Sosbee relacionados com este tópico.
http://rudy2.wordpress.com/ex-fbi-agent-geral-sosbees-testimony-in-various-languages/

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google photo

You are commenting using your Google account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s


%d bloggers like this: