COMUNICADO DE IMPRENSA

COMUNICADO DE IMPRENSA

ARMAS GEOFISICAS SECRETAS – TORTURAS E MAUS TRATOS COM ARMAS DE ENERGIA DIRIGIDA E ARMAS NEUROLÓGICAS

Milhares de pessoas pedem que se faça uma investigação internacional sobre violações enormes dos direitos humanos que se verificam em todo o mundo, no maior silêncio.

Nestes últimos anos, o número destes crimes contra a humanidade aumentou tanto que se pode obviamente falar de agressões contra a população.

Estas agressões são cometidas com uma tecnologia que actua à distância, e na “sombra”, para além dos limites fronteiriços, e que é utilizada sobre cidadão indefesos, que não desconfiam de nada.

Existe uma pressão contínua, por parte das vítimas, para denunciar estes crimes a altos dirigentes do estado, nacionais e internacionais, a organizações para defesa dos direitos humanos e também à imprensa. Na maior parte das vezes, sem obter resposta, devido à falta de conhecimento generalizada sobre esta tecnologia. Segundo os diagnósticos apresentados por várias instituições psiquiátricas, as vítimas têem alucinações. Para além disso, as denúncias apresentadas nas esquadras de polícia são frequentemente tratadas como problemas psicológicos ou simplesmente ignoradas.

Podem passar alguns anos, até que o “holocausto silencioso” se torne do conhecimento público. E, para as vítimas, a comparação é bem real.

A escala dos crimes que são denunciados, e a gravidade das acusações justificam uma investigação internacional urgente.

Porque existe um número tão grande de vítimas à escala planetária, que gerou um movimento mundial coordenado através da Internet, apenas as as vítimas mais conscienciosas, denunciam este tipo de crime, sendo o número de vítimas muito superior ao deste grupo de activistas.

Em Janeiro de 2007, o artigo “Mind Games”, da autoria da jornalista Sharon Weinberger, foi impresso no “The Washington Post”, retratando as vítimas americanas e a organização activista “Freedom from Covert Harassment and Surveillance” (Liberdade de Viver sem Assédio Oculto nem Vigilância).

Entretanto, de toda a parte do mundo, novas vítimas estão a aparecer em número cada vez maior, pedindo que estes crimes sejam tornados do conhecimento público e insistindo numa investigação internacional deste problema e começando uma campanha colectiva contra o abuso com Armas de Energia Dirigida (Directed Energy Weapons – DEW).

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google photo

You are commenting using your Google account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s


%d bloggers like this: